Zeca Camargo é condenado por debochar comoção nacional por Cristiano Araújo

 

A Justiça condenou o jornalista e apresentador Zeca Camargo a pagar indenização por danos morais de R$ 60 mil ao pai de Cristiano Araújo e à empresa que cuidava da carreira do cantor, morto num acidente de carro em 2015. A condenação ocorre por causa de um texto considerado ofensivo lido por Zeca Camargo no Jornal das Dez (Globonews), tratando a comoção nacional pelo falecimento do cantor como um ‘espetáculo’ e questionando o alcance da fama do sertanejo.

No processo, o pai e os sócios afirmam que a “morte de Cristiano causou comoção nacional pela disseminação do amor e que o dano moral se deu no momento em que o requerido ‘debochou’ desse sentimento em uma crônica cruel, infundada, insensível e preconceituosa”.

A decisão da juíza Rozana Fernandes Camapum, da 17ª Vara Cívil de Goiânia, foi publicada nesta terça (23) no “Diário de Justiça” de Goiás. Zeca Camargo tem 15 dias úteis para recorrer e já avisou que fará isso.




Últimas notícias

  • 63ª Festa do Peão de Barretos começa nesta quinta-feira
  • Beto Carrero World recebe VillaMix Festival dia 28 de dezembro
  • Henrique e Juliano liberam primeiro vídeo do novo DVD
  • Roberta Miranda lança a inédita "Minha Vida é Você"
  • Trio Parada Dura desembarca nos EUA para turnê com ingressos esgotados




  • One comment

    • eu munto gosto de cris mas eu fico munto triste quando ele morreu eu vivo na ingleterra quando eu cresher eu bo se o novo saternajo cantar musicas dele meu nome bai ser Leonardo Araujo meu nome veredairo e Leonardo george pinto talina e ser cantor n goiania

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *